segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Se eu pudesse voltar no tempo...

Alguém já disse que sábio é aquele que aprende com os erros alheios. Aprendamos então com a mensagem deste vídeo, que aponta equívocos inacreditáveis e, muitas vezes, impossíveis de serem remediados nas relações travadas com os nossos filhos.

6 comentários:

Larissa Ferraz disse...

Impressionante esse vídeo. Ele não teve tempo para consertar as coisas erradas. Mas o mesmo desespero teria ocorrido se o filho tivesse morrido. Ele também não poderia refazer as coisas. Por tudo isso, amemos hoje. Façamos hoje. Acalentemos hoje. Sejamos felizes hoje.

Marta Clemer, Rio de Janeiro disse...

Lindo e inacreditavelmente triste. Porém de uma verdade assustadora. Em função das preocupações, da vida corrida, das metas estabelecidas, estamos perdendo a convivência, o afago, o 'eu te amo', estamos perdendo a vida que poderíamos ter com nossos filhos, maridos, irmãos, pais, amigos. Muito triste.

Andréa Machado disse...

Serve de alerta. As pessoas são mais importantes do que o trabalho, a carreira, os objetivos pré-concebidos...Por isso, cheiro, beijo e cafungo meus filhos o tempo inteiro.

Alex Malta Raposo disse...

E é assim, gente, que quero criar a minha Amanda. Corrigindo quando for necessário, mas amando-a intensamente. Não quero chegar lá na frente e pensar: "pôxa, eu poderia ter dito aquilo naquele dia, tê-la abraçado naquele momento difícil, ter sussurrado no seu ouvido o quanto a amo". Eu jamais me perdoaria se algum dia saisse do seu coração a convicção de que ela é a pessoa mais importante da minha vida.

Augusto Mattos disse...

Mano, a sua declaração para sua filha foi mais bonita do que o vídeo. Rs. Que Deus o abençõe. Cheguei ao seu blog através do Veredas Missionárias e gostei muito. Parabéns.

Eddy disse...

ok, meu querido irmão, estou levando o link do seu blog, um abraço e fique com Deus!!