quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Os cientistas e Deus

Vez por outra, o mundo do príncipe das trevas elege alguém para segurar a velha bandeira do ateísmo. Nesse campo, proclamado e rejeitado logo depois por inúmeros cientistas, a bola da vez é o biólogo Richard Dawkins, autor do livro “Deus – Um Delírio”. Na tal obra, utilizando teorias fajutas e argumentos debatidos exaustivamente, o escritor faz de tudo para provocar as pessoas que creem em Deus, mas, principalmente, as que, segundo ele, creem por 'inércia'. Seu objetivo é fazer com que elas passem a pensar 'racionalmente' e acabem trocando suas 'crenças' pelo que ele, idiotamente, chama de 'orgulho ateu'.

Vejam, a seguir, o que disseram alguns dos principais ‘colegas’ de Richard Dawkins, que, sem dúvida alguma, precisa muito de Deus para continuar vendendo seus “livros” e ganhado seu dinheirinho.

Louis Pasteur:

"Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima”.

Benjamin Franklin

"Achar que o mundo não tem um criador é o mesmo que afirmar que um dicionário é o resultado de uma explosão numa tipografia."

Charles Darwin

“Posso dizer-vos que a impossibilidade de considerar este magnífico universo, que contém o nosso ‘eu’ consciente, como obra do acaso, é para mim o principal argumento em favor da existência de Deus”.

Isaac Newton

“Esta elegantíssima coordenação do sol, das estrelas, dos planetas e dos cometas não pode ter outra origem que o plano e o império do Ser dotado de inteligência, que tudo domina, não como alma do mundo, mas como o Senhor de todas as coisas, eterno, infinito, onipotente, onisciente. Na ausência de qualquer outra prova, entretanto, um único polegar me convenceria da existência de Deus".

Max Planck

“Para os crentes, Deus está no princípio das coisas. Para os cientistas, no final de toda reflexão”.

Willian Trompson

“Provas brilhantes de uma ação inteligente multiplicam-se em torno de nós e, por vezes, dúvidas metafísicas nos afastam temporariamente destas idéias, elas voltam com uma força irresistível. Elas nos ensinam que todas as coisas vivas dependem de um Criador e de um Senhor Eterno”.

Albert Einstein

“Todo aquele que se dedica ao estudo da ciência chega a convencer-se de que nas leis do Universo se manifesta um Espírito superior ao do homem, e perante o qual nós, com os nossos poderes limitados, devemos humilhar-nos. Minha religião consiste numa humilde admiração do Espírito superior que se revela nos pequeninos detalhes que somos capazes de perceber com as nossas mentes frágeis e débeis. Esta convicção profundamente emocional da presença duma força superior, que é revelada pelo universo incompreensível, forma a minha idéia de Deus”.

4 comentários:

Larissa Ferraz disse...

Vou repetir o que minha filha mais velha costuma dizer: "tô passada".

Querido, vc mudou o endereço do blog e não anunciou antes para os seus leitores? É isso mesmo?

Tomei um susto quando, visitando o púlpito cristão, vi o link "Evangelho da Graça" e, após, clicar nele me deparei com esse espaço que conhecia com outro nome.

Espaço que, inclusive, passei dias tentando acessar, mas sempre em vão. Ficava me perguntando:Será que foi parar na lua? Em Saturno? Será que foi arrebatado?

Fiquei chateada com vc agora, Alex. Achei um pouco de falta de respeito da sua parte. Com certeza, todas as pessoas que entravam não entenderam nada.

Alex Malta Raposo disse...

Pois é, Larissa...

Foi um equívoco.

Dizer o que agora? só posso pedir desculpas.

Uma das maiores críticas desse episódio é minha mulher.

Ela não só não concordou com a mudança como também não perdoa meu vacilo.

O fato é que resolvi mudar o nome e o endereço, mas acabei esquecendo de postar, antes, um comunicado.

Ainda não consegui me perdoar por isso, pois, como vc, várias pessoas que acessavam e deixavam comentários simplesmente sumiram.

Na verdade, foi o blog que sumiu, né? Só posso pedir desculpas a todos.

luis.teclinux disse...

com relação ao post concordo com os cientistas, o universo é muito bem estruturado para ser obra do acaso

Observatório Teológico disse...

Infelizmente muitas pessoas meu caro Alex ainda teimam em enxergar alguma relevância no que afirmam os ateus. Seus argumentos não resistem à uma boa refutação biblicamente abalizada. Creio que devemos como cristãos, enfatizar diuturnamente a bandeira do Evangelho porque, sabemos, é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê. Richard Dawkins é apenas mais um que lança suas palavras ao vento. Qusnto ao seu comentário relacionado ao meu blog, fico grato e agradou-me o seu pela qualidade. Tornei-me seu seguidor. Fique na paz!

Cicero Ramos